Inscritos Encceja 2021: dúvias sobre a prova? Confira!

Os inscritos Encceja já estão em ritmo de prova devido ao fato dessa avaliação já está próxima de ser realizada, depois de uma longa espera. O ano de 2020 foi conturbado em muitos fatores e fez com que não houvesse Encceja no ano passado, o que frustrou os planos de muitos.

No entanto, aparentemente em 2021 nada vai impedir de sair a prova, mesmo a pandemia não tendo cessado. Então como as provas estão se aproximando decidimos trazer um conteúdo para informar vocês sobre como vai ocorrer e outros detalhes relevantes.

Você também pode se interessar sobre:

Material de estudo para o Encceja 2021: como acessar?

Inscrição Aberta do Encceja 2021? Quando Começa?

Inscritos Encceja

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) divulgou recentemente o número de inscritos no Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos) de 2020, mas que será realizado em 2021. Segundo a instituição são 1.630.046 inscritos para a prova.

Esse grande número reflete o interesse de milhões de brasileiros de adquirir o diploma de nível fundamental e médio. Dos 1.630.046 inscritos, 301.438 pessoas estão interessadas na certificação de ensino fundamental. Enquanto 1.328.608 estão buscando a certificação do ensino médio, por isso são inscritos Encceja.

Como serão as provas?

Vai ocorrer no dia 25 de abril as provas do Encceja 2020, elas vão ocorrer em todos os estados, além é claro do Distrito Federal. Milhões de estudantes realizam as provas todos os anos, em busca de obter o diploma.

Algo interessante é que aquele estudante que já realizou a prova do Encceja nos anos anteriores e não conseguiu passar em todas as matérias. Poderão selecionar apenas as provas que não obtiveram pontuação suficiente para obter a certificação.

É válido destacar que são 4 provas oferecidas pelo programa. Sendo que as que tiveram mais procura por certificação no nível fundamental foram: a de língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes, educação física e redação, e em seguida a de matemática.

Enquanto isso os interessados na certificação do ensino médio, as áreas que eles mais buscaram foram provas de matemática e suas tecnologias, e em seguida pela de linguagens, códigos e suas tecnologias e redação.

Como quase toda prova é exigida uma taxa de acerto mínima recomendada pelo Inep que é de 100 pontos nas provas objetivas, e de 5 pontos na redação. Que possuem formas diferentes de medições.

Contudo, é válido lembrar que de acordo com Edital 101 do Encceja 2020 as unidades certificadoras possuem autonomia para estipular valores de proficiência mínimos diferentes dos que são propostos pelo Inep.

Sobre o Encceja

O Encceja é focado em jovens e adultos que não conseguiram obter na idade correta a certificação que queriam. Por isso, através do programa agora buscam pelo diploma do ensino fundamental ou médio.

Devido ao objetivo do programa, existe uma idade mínima para que se possa realizar a prova, e ela varia conforme o nível de graduação que você está buscando. Para que possa se inscrever na prova de ensino fundamental é necessário possuir 15 anos completos até o dia da prova.

Enquanto isso, para realizar a prova de ensino médio é necessário possuir ao menos 18 anos de idade. Por isso, esse método de obter a graduação tem sido utilizado por jovens que estão com 18 anos e acreditam que não vão se formar logo de maneira padrão.

Mesmo o exame sendo realizado pelo Inep ao colaborar com as secretarias estaduais e municipais de Educação, a emissão do certificado e da declaração de proficiência é responsabilidade das secretarias estaduais de Educação e institutos federais de Educação, Ciência e Tecnologia. Que acabaram firmando termo de adesão ao Encceja.

Por mais estranho que pareça, as inscrições do Encceja 2020 ficaram abertas do dia 11 a 25 de janeiro de 2021. Tudo isso deve a calamidade que o Covid-19 causou em nossa sociedade.

Essa também foi a primeira vez em que um participante que não realizou as provas para quais se inscreveu no ano de 2019, teve que justificar a ausência para poder se inscrever na edição de 2020. A medida foi tomada devido ao alto número de faltas nas provas, que geram desperdícios de materiais, e devido a isso de dinheiro.

As provas do Encceja são pagas?

Os inscritos Encceja não pagam nenhuma taxa para realizar a prova. Sendo ela totalmente gratuita voltada a ajudar as pessoas que têm dificuldade para conseguir emprego derivado do menor número de oportunidades que essas pessoas possuem. Contudo, caso você falte a uma prova e não possua uma boa justificativa, é possível que lhe seja cobrada uma taxa.

Por isso, é importante que os inscritos Encceja realizem as provas, uma vez que a mesma já é gratuita, porque é um jeito de auxiliar as pessoas a estarem mais qualificadas. No entanto, caso seja um problema grave lembre-se de pegar uma justificativa. Pois, um documento será útil para justificar a sua ausência e assim não ter que pagar nenhuma taxa.

Deixe um comentário